Nós Mulheres

Não é o homem superior à mulher,nem a mulher superior ao homem.Mas não é certo dizer que ambos são iguais em tudo.
A realidade é maior e mais bonita:A mulher possui qualidades especificamente femininas que,quando se unem as qualidades especificamente masculinas,permitem conseguir resultados maiores,mais expressivos e mais ricos que poderiam se alcançar,quando cada um dos sexos trabalham separadamente.

D. Helder Câmara








segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

Viva a Vida

"Por muito tempo eu pensei que a minha vida fosse se tornar uma vida de verdade.
Mas sempre havia um obstáculo no caminho,
algo a ser ultrapassado antes de começar a viver,
um trabalho não terminado,
uma conta a ser paga.
Aí sim, a vida de verdade começaria.
Por fim, cheguei à conclusão de que esses obstáculos eram a minha vida de verdade.
Essa perspectiva tem ajudado a ver que não existe um caminho para a felicidade
.A felicidade é o caminho!
Assim, aproveite todos os momentos que você tem.
E aproveite-os mais se você tem alguém especial para compartilhar,
especial o suficiente para passar seu tempo…
e lembre-se que o tempo não espera ninguém.
Portanto, pare de esperar até que você termine a faculdade;
até que você volte para a faculdade;
até que você termine a pós-graduação ou mestrado;
até que você perca 5 quilos;
até que você ganhe 5 quilos;
até que você tenha tido filhos;
até que seus filhos tenham saído de casa;
até que você se case;até sexta à noite;
até segunda de manhã;
até que você tenha comprado um carro, moto ou uma casa nova;
até que seu carro, moto ou sua casa
tenham sido pagos;
até o próximo verão, primavera, outono, inverno;
até que você esteja aposentado;
até que a sua música toque;
até que você tenha terminado seu drinque;
até que você esteja sóbrio de novo;
até que você morra,
Decida que não há hora melhor para ser feliz do que AGORA MESMO…
Trabalhe como se você não precisasse de dinheiro.
Ame como se você nunca tivesse se machucado.
Auxilie como se fosse rotina.
Brinque como se fosse criança.
Perdoe como gostaria que fosse perdoado.
E dance como se ninguém estivesse olhando!”

VIVA A VIDA…


(Desconheço o autor)

sábado, 29 de novembro de 2008

Os Sapos


Se existem três sapos numa folha,e um deles decide pular da folha para a água, quantos sapos restam na folha?
A resposta certa é: Restam três sapos.
Porque o sapo apenas decidiu pular.
Ele não fez isso.
Nós não somos como o sapo muitas vezes?
Que decide fazer isso, fazer aquilo,
mas ao final acabamos não fazendo nada?
Na vida temos que tomar muitas decisões.
Algumas fáceis; algumas difíceis.
A maior parte dos erros que cometemos
não se devem a decisões erradas.
A maior parte dos erros se devem às indecisões.
Temos que viver com a conseqüência das nossas decisões.
E isto é arriscar.
Tudo é arriscar.

segunda-feira, 13 de outubro de 2008

Educação para o Auto Amor


Responsabilidade:
Somos os unicos responsáveis pelos nossos sentimentos.
Assumir essa responsabilidades é sair do papel de vítimas e tomarmos as rédeas de nossas vidas.
Consciência:
O sentimento expressa os recados da consciência.
Nossos sentimentos são a porta que se abre para nosso mundo glorioso, oculto dentro de nós.
Ética para conosco:
Somos tratados como nos tratamos.
Como sermos merecedores de amor do outro, se nao recebemos nem o nosso próprio?
Juízo de valor:
Não existem sentimentos certos ou errados.
Domínio de si:
Educar sentimentos é tomar posse de nós próprios.
Aceitação:
Aceitar nossas imperfeições é ter uma relação pacífica conosco mesmos. Culpar-se não ajuda.
Renovação do sistema de crenças:
Superar os preconceitos, julgamentos e crenças desenvolvidas com base na opinião alheia desde a infância.
Assertividade:
Escutar o que o coração nos pede e agir de acordo com esse pedido.
Identificação das intenções
Aprender a reconhecer o que queremos.
Quase sempre somos treinados a saber o que não queremos.



Ermance Dufaux

segunda-feira, 29 de setembro de 2008

Essa é a vida!

É preciso saber sempre quando se acaba uma etapa da vida.

Se insistirmos em permanecer nela depois do tempo necessário, perderemos a alegria e o sentido do resto.

Fechando círculos, fechando portas ou fechando capítulos, como queiras chamar, o importante é poder fechá-los, deixar ir momentos da vida que vão se enclausurando.
Terminou seu trabalho? Acabou a relação? Já não mora mais nessa casa? Deve viajar? A amizade acabou? Você pode passar muito tempo do seu presente dando voltas ao passado, tentando modificá-lo…

O desgaste será infinito, porque na vida você, seus amigos, filhos, irmãos, todos estamos destinados a fechar capítulos, virar páginas, terminar etapas ou momentos da vida e seguir adiante.

Não podemos estar no presente sentindo falta do passado. O que aconteceu, aconteceu.

Não podemos ser filhos para sempre, nem adolescentes eternos, nem empregados de empresas inexistentes ou ter vínculos com quem não quer estar vinculado a nós.

Os acontecimentos passam e temos que deixá-los ir! Por isso, às vezes é tão importante se esquecer de lembrar, trocar de casa, rasgar papéis, jogar fora presentes desbotados, dar ou vender livros…

As mudanças externas podem simbolizar processos interiores de superação. Deixar ir, soltar, desprender-se…
Na vida ninguém joga com cartas marcadas , todos temos que aprender a perder e a ganhar.

O passado passou: não espere que o devolvam.Também não espere reconhecimento nem que saibam quem você é. A vida segue para frente, nunca para trás.
Se você anda pela vida deixando portas abertas nunca poderá se desprender, nem viver o hoje com satisfação.

Namoros ou amizades que não se fecham,possibilidades de regresso a quê?

Necessidade de esclarecimentos, palavras que não foram ditas, silêncios…

Se você pode enfrentá-los agora, que o faça! Não por orgulho ou soberba, mas porque você já não se encaixa ali, naquele lugar, naquele coração, naquela casa, naquele escritório, naquele cargo…

Você já não é o mesmo que foi há dois dias, há três meses, há um ano…

Portanto, nada tem que voltar.

Feche a porta, vire a página, feche o círculo!

Você nunca será o mesmo, nem o mundo à sua volta, porque a vida não é estática.

É para sua saúde mental, é ter amor por si mesmo, desprender-se do que já não está em sua vida.

Lembre-se de que nada, nem ninguém é indispensável.

É um trabalho pessoal aprender a viver com o que dói, deixar-se ir

É processo de aprender a desprender-se.

E isso ajudará definitivamente a seguir para frente com tranquilidade.
Essa é a vida!



Desconheço a autoria

segunda-feira, 15 de setembro de 2008

Equilíbrio



Para sentir-me preenchido tenho que ser estável.
Para ser estável é necessário equilíbrio.


O equilíbrio entre:
Ser alegre, e não inconveniente.


Ser sincero, e não machucar.

Ser firme nas idéias, e não arrogante.

Ser humilde, e não submisso.

Ser rápido, e não impreciso.

Ser contente, e não complacente.

Ser despreocupado, e não descuidado.

Ser amoroso, e não apegado.

Ser pacífico, e não passivo.

Ser disciplinado, e não rígido.

Ser flexível, e não frouxo.

Ser comunicativo, e não exagerado.

Ser obediente e não cego.

Ser doce, e não melado.

Ser moldável, e não tolo.

Ser introspectivo, e não enclausurado.

Ser determinado, e não teimoso.

Ser corajoso, e não agressivo.


Autoria Desconhecida

segunda-feira, 1 de setembro de 2008

Escolhas


Escolha ter um projeto de vida .
Se você não sabe para onde vai , qualquer caminho serve .
Escolha estar no controle de seu presente e futuro.
O passado é a única coisa que não podemos mudar .
Escolha fazer sua própria sorte.
Querer transforma possibilidade em realidade.
Escolha preservar sua essência.
De um jeito ou de outro , a natureza o levará a isso .
Escolha expandir suas capacidades .
Você ficará mais forte diante da vida .
Escolha se divertir , sempre !
Essa é a verdadeira fonte da juventude .
Escolha insistir, persistir … ainda que haja tropeços e quedas .
Escolha sonhar com o futuro .
Visualize-o com certeza e assim será !
Escolha ter coragem e ousadia.
Boa intenção , nem sempre , é o suficiente ...
Escolha estar em sintonia com o seu tempo .
Tudo muda e é preciso estar preparado para novas situações
Escolha descobrir o que você tem de melhor .
Isso será seu melhor auxílio diante das adversidades ...
Escolha aprender e reaprender todos os dias.
Sabedoria se conquista com paciência e tempo ...
Escolha ser criativo ... Para isso é preciso experimentar coisas novas .
Escolha dizer obrigado . Demonstrando gratidão conquistamos aliados .
Escolha ter paixão e entusiasmo em tudo .
Isso fará de você um ser humano excepcional .
Você é essencialmente , fruto de suas escolhas .

ENTÃO ESCOLHA SER O MELHOR QUE PUDER !


Desconheço a autoria

domingo, 24 de agosto de 2008

Não Sei...


NÃO SEI....

Não sei se a vida é curta ou longa demais para nós.

Mas sei que nada do que vivemos tem sentido,

Se não tocarmos o coração das pessoas.

Muitas vezes basta ser:

Colo que acolhe,

Braço que envolve,

Palavra que conforta,

Silêncio que respeita,

Alegria que contagia,

Lágrima que corre,

Olhar que acaricia,

Desejo que sacia,

Amor que promove.

E isso não é coisa de outro mundo.

É o que dá sentido à vida.

É o que faz com que ela não seja nem curta,

nem longa demais.

Mas que seja intensa, verdadeira e pura ,

Enquanto durar.


Cora Coralina
Acho que a minha vida tem muito sentido...Estes ítens dos quais a autora fala no seu texto, não são coisas do outro mundo!... Em alguns momentos me deparo fazendo todos eles.
Faça também sua vida valer a pena!...

quinta-feira, 21 de agosto de 2008

Decida-se


Lógico que você merece ser feliz !

Um sonho é para ser realizado, e o seu está cada vez mais maduro.

Tenha atitudes positivas:

a noite você sonha, de dia realize.

Eleve seu pensamento a Deus diariamente e agradeça tudo que conquistar.
Por favor, não se compare com ninguém.


Entenda de uma vez por todas que você é único.

Lance seu desafio ao Universo e diga:

Agora é a minha vez!
Sua determinação é do tamanho da sua necessidade.


Uma estrada só se vence quando se dá o primeiro passo e sem olhar para a distância.

As boas novas se conquistam com pequenos gestos.
Faça de cada dia, um novo dia de vitória


.Esqueça o passado, perdoe!

Liberte-se de qualquer amarra que possa te segurar no cais da tristeza.

Insista mais um pouco, dê mais um passo.

Cuide de seus pensamentos e suas palavras.

Use tudo com bom senso.

Invista na sua paz, diga não quando precisar.

Dedique alguns minutos para cuidar de você diariamente.

Apaixone-se por tudo o que for fazer.

Compre a idéia. Vista a camisa.

Definitivamente, eu não conheço ninguém mais pronto para prosperar.

E ser feliz, é a escolha que te cabe nesse momento.

Você merece!

Eu acredito em você!

Paulo Roberto Gaefke

Nunca deveremos deixar de sonhar, achando que nossos sonhos são utópicos. Uma forma de não transformá-los em utopias, é começar a traçar metas e priorizar dentro das nossas rotinas. O importante é começar!...

quinta-feira, 14 de agosto de 2008

O SER SILENCIA O DIZER ...




Não preciso dizer quanta sabedoria tenho para que as pessoas saibam...
Porque se eu agir com sabedoria ou com tolice, minhas atitudes dirão.
Não preciso dizer quanta beleza tenho para provar aos outros... Porque quem precisa provar aos outros muitas vezes ainda não conseguiu provar a si próprio.
Não preciso dizer que sou Cristã(o) para que as pessoas notem... Porque se eu seguir os passos de Cristo até meu silêncio falará o quanto creio Nele e o sigo.
Receber reconhecimento é bom, e eu agradeço. Porém não preciso dele para saber que sou capaz... Porque quando tudo dá certo, todos agem como se sempre tivessem acreditado, porém no princípio nem todos pensavam assim.
Receber elogios é bom, e eu agradeço. Porém não preciso deles para saber que eu tenha valor...Porque o meu valor não parte do que as pessoas dizem, mas sim dos meus princípios, da forma como me enxergo e como me respeito.
*O silêncio das minhas atitudes dispensa o barulho de certas palavras...



Desconheço o autor

quarta-feira, 13 de agosto de 2008

Amor é síntese


É uma integração de dados

Não há que tirar nem por

Não me corte em fatias

Ninguém consegue abraçar um pedaço

Me envolva todo em seus braços

E eu serei o perfeito amor.
Amor não é se envolver com a pessoa perfeita,

aquela dos nossos sonhos.

Não existem príncipes nem princesas.

Encare a outra pessoa de forma sincera e real,

exaltando suas qualidades,

mas sabendo também de seus defeitos.

O amor só é lindo,

quando encontramos alguém que nos transforme no melhor que podemos ser.



Mário Quintana

quarta-feira, 6 de agosto de 2008

Agenda do prazer





'É idosa, mas o seu rosto é tão calmo! As dificuldades não a pouparam, mas parece ser superior a todas as preocupações e a todos os aborrecimentos que são o quinhão das mulheres." Assim falava uma pessoa que se impacientava facilmente.
Perguntou à velha senhora o segredo da sua felicidade.
Com um sorriso luminoso, esta última respondeu-lhe:
- Cara amiga, tenho a minha Agenda do Prazer. -
O quê?
- A minha agenda do prazer. Há já muito tempo que aprendi isto: nenhum dia é assim tão triste que não tenha algum raio de luz, e comecei a escrever todas as pequenas coisas boas que me aconteciam.
Desde que saí da escola, mantive fielmente todos os anos a minha agenda em dia.
Contém muitos detalhes insignificantes:
um vestido novo,
uma conversa com uma amiga,
uma atenção do meu marido,
uma flor, um livro, um passeio de carro,
um por do sol, a lua cheia, um bom almoço,
tudo isto está na minha agenda e quando me sinto um pouco triste ou com o moral em baixa,
releio algumas páginas para me rememorar que mulher feliz eu sou.
Mostro-lha, se isso lhe interessa.
A mulher descontente e entediada pegou na agenda que lhe estendia a amiga,
e virou lentamente as páginas.
Num dia, líamos isto:
"Recebi uma carta amorosa de minha mãe, vi um lindo lírio, brinquei com uma criança na rua, tomei chuva. Encontrei a jóia que pensava ter perdido. Encontrei uma jovem alegre e bonita. O meu marido trouxe-me rosas hoje à noite.Ouvi uma música que me encheu de alegria ' Fragmentos de leituras feitas durante o dia também figuravam na agenda, de tal maneira que esta última era uma mina de verdade e de beleza. - Descobriu um prazer todos os dias para anotar? Perguntou a amiga ansiosa. - Sim, todos os dias; queria que a minha teoria se tornasse uma realidade, foi-lhe respondido com uma voz grave. A outra continuou a virar as páginas e chegou a uma que continha estas palavras: "Morreu segurando a minha mão na dele e o meu nome nos seus lábios." ............................................ Até a morte contém a sua parte de positivo.
Até os nossos desassossegos são mensageiros e professores, mas para isso é necessário saber decodificar as suas mensagens.
Será que você também tem uma Agenda do Prazer?
Mesmo que não tenha fisicamente uma,
todas as noites, antes de adormecer, pense em todos aqueles prazeres da vida e faça um álbum mental de felicidade.

(Autor Desconhecido)


As vezes colocamos a felicidade tão longe do nosso alcance, quando na realidade existem tantas pequeninas coisas que poderemos valorizar e nos julgarmos muito felizes.
Para isto basta imaginar quantas coisas podemos ver e sentir.
Devemos realmente adormecer todas as noites, fazendo nosso "Álbum mental de felicidade"pois são muitos os prazeres que vivemos todos os dias.

domingo, 3 de agosto de 2008

Disse a flor:


Disse a flor:

" Como são tolos os homens!

A mim fazem versos e cantam louvores. Mas, sem mergulho no fundo escuro do húmo, existiria eu, para recolher orvalho, para inspirar amantes, enfeitar a meditação dos místicos, oferecer nutrição às abelhas?!

Desculpa, irmã raiz.

Mas, não sou culpada.

É a cegueira dos homens que me faz usurpar teus méritos."



Se transportarmos esta situação para a vida, estaremos sempre nos deparando com ações semelhantes. Pessoas ganham elogios, recebem louros sem mereço-los.

Precisamos perceber que em cada coisa que chega até nós, foi necessário uma infinidade de pessoas para poder concretizar.

O segredo da vida está em agradecer a todas as coisas do céu e da terra,e a todas as pessoas coisas e fatos.



segunda-feira, 21 de julho de 2008

Mude





Mude,

mas comece devagar,

porque a direção é mais importante,

que a velocidade.

Sente-se em outra cadeira,

no outro lugar da mesa.

Mais tarde, mude de mesa.
Quando sair,

Procure andar pelo outro lado da rua.

Depois,

mude de caminho,

ande por outras ruas, calmamente,...


Clarice Lispector




Saia da rotina,procure fazer algo diferente, no seu dia a dia; enfim na sua vida.

Procure mudar também o visual, use roupas alegres descontraídas saia do sério.

Se não puder sair da rotina sempre, pelo menos de vez em quando. Esqueça tudo que é sério. Esqueça a agenda, os compromissos as broncas. Desligue o celular, a pressa a ansiedade.Viva alguns momentos de completa felicidade.




domingo, 13 de julho de 2008


A vida me ensinou...
A dizer adeus às pessoas que amo,

Sem tira-las do meu coração;

Sorrir às pessoas que não gostam de mim,

Para mostra-las que sou diferente do que elas pensam;

Fazer de conta que tudo está bem quando isso não é verdade,

Para que eu possa acreditar que tudo vai mudar;

Calar-me para ouvir;

Aprender com meus erros .

Afinal eu posso ser sempre melhor.

A lutar contra as injustiças;

Sorrir quando o que mais desejo é gritar todas as minhas dores para o mundo,

A ser forte quando os que amo estão com problemas;

Ser carinhosa com todos que precisam do meu carinho;

Ouvir a todos que só precisam desabafar;

Amar aos que me machucam ou querem fazer de mim depósito de suas frustrações e desafetos;

Perdoar incondicionalmente,

Pois já precisei desse perdão;

Amar incondicionalmente,Pois também preciso desse amor;

A alegrar a quem precisa;

A pedir perdão;

A sonhar acordada;

A acordar para a realidade (sempre que fosse necessário);

A aproveitar cada instante de felicidade;

A chorar de saudade sem vergonha de demonstrar;(Já fiz d+ esse ano)

Me ensinou a ter olhos para "ver e ouvir estrelas",

embora nem sempre consiga entendê-las;

A ver o encanto do pôr-do-sol;

A sentir a dor do adeus e do que se acaba,

sempre lutando para preservar tudo o que é importante para a felicidade do meu ser;

A abrir minhas janelas para o amor;

A não temer o futuro;

Me ensinou e esta me ensinando a aproveitar o presente,

como um presente que da vida recebi,

e usá-lo como um diamante que eu mesma tenha que lapidar,

lhe dando forma da maneira que eu escolher.

Sou feliz amo minha vida, minha família,

meus amigos, meu amor, meus colegas, meus rivais!!!


Charles Chaplin

terça-feira, 8 de julho de 2008

Há momentos


Há momentos na vida em que sentimos tanto

a falta de alguém

que o que mais queremos

é tirar esta pessoa de nossos sonhos e abraçá-la.
Sonhe com aquilo que você quiser.
Seja o que você quer ser,

porque você possui apenas uma vida
e nela só se tem uma chance de fazer aquilo que se quer.

Tenha felicidade bastante para fazê-la doce.

Dificuldades para fazê-la forte.

Tristeza para fazê-la humana.

E esperança suficiente para fazê-la feliz.
As pessoas mais felizes não têm as melhores coisas.

Elas sabem fazer o melhor das oportunidades

que aparecem em seus caminhos.
A felicidade aparece para aqueles que choram.

Para aqueles que se machucam.

Para aqueles que buscam e tentam sempre.

E para aqueles que reconhecem

a importância das pessoas que passam por suas vidas.
O futuro mais brilhante

é baseado num passado intensamente vivido.

Você só terá sucesso na vida

quando perdoar os erros e as decepções do passado.
A vida é curta,

mas as emoções que podemos deixar duram uma eternidade.

A vida não é de se brincar

porque um belo dia se morre.


Clarice Lispector

terça-feira, 1 de julho de 2008

,
Certo dia perguntaram a um homem que sabia meditar:

-Como fazes, para ficar recolhido apesar de tantas preocupações?

Ele respondeu:

-Quando me levanto, levanto-me .

Quando caminho, caminho .

Quando como , como.

Quando falo, falo...

Interromperam-no, dizendo:

-Mas, nós fazemos a mesma coisa...

O que é que o senhor faz mais do que nós?

Ele repetiu:

Quando me levanto, levanto-me.

Quando caminho, caminho.

Quando me sento, sento-me.

Quando como, como.

Quando falo, falo...

De novo retrucaram:

- É exatamente isto que nós fazemos também.

O homem respondeu fitando-os nos olhos:

Quando vocês se sentam já estão se levantando;

Quando se levantam, já estão correndo ,

Quando correm, já estão chegando ao fim...

Fazer as coisas no momento certo,dando o melhor de si e aproveitar o melhor de cada um...É o segredo da paz, e da vida.

Precisamos estar atentos, em cada ato que realizamos. Quase sempre nunca estamos onde nos encontramos!
Nunca fazemos o que estamos a fazer!... Estamos a planejar o porvir... Mas, ruminamos outroras... Ansiamos pelo amanhã... Tendo saudade do que foi... Por que tanta pre-ocupação?! Por que tanta pós ocupação? e a ocupação não importa?!
PORQUE SOMOS ASSIM, SEMPRE AUSENTES NUNCA PRESENTES?!

Entrar em contato com a natureza pode não ser fácil, mas mesmo nas cidades a lua brilha. Arrume um pouco de tempo e olhe para o céu... Além da lua você encontrará as estrelas!...

terça-feira, 24 de junho de 2008

Rifa-se um coração


Rifa-se um coração quase novo.


Um coração idealista.

Um coração como poucos.

Um coração à moda antiga.



Um coração moleque que insiste em pregar peças no seu usuário.

Rifa-se um coração que na realidade está um pouco usado, meio calejado, muito machucado

e que teima em alimentar sonhos e, cultivar ilusões.


Um pouco inconseqüente que nunca desiste de acreditar nas pessoas.

Um leviano e precipitado coração que acha que Tim Maia estava certo quando escreveu..."... não quero dinheiro, eu quero amor sincero, é isso que eu espero..."



Um idealista...Um verdadeiro sonhador...

Rifa-se um coração que nunca aprende.

Que não endurece, e mantém sempre viva a esperança de ser feliz, sendo simples e natural.

Um coração insensato que comanda o racional sendo louco o suficiente para se apaixonar.



Um furioso suicida que vive procurando relações e emoções verdadeiras.

Rifa-se um coração que insiste em cometer sempre os mesmos erros.

Esse coração que erra, briga, se expõe.

Perde o juízo por completo em nome de causas e paixões.

Sai do sério e, às vezes revê suas posições arrependido de palavras e gestos.




Este coração tantas vezes incompreendido.

Tantas vezes provocado.

Tantas vezes impulsivo.

Rifa-se este desequilibrado emocional que abre sorrisos tão largos que quase dá pra engolir as orelhas,



mas que também arranca lágrimas e faz murchar o rosto.

Um coração para ser alugado,ou mesmo utilizado por quem gosta de emoções fortes.

Um órgão abestado indicado apenas para quem quer viver intensamente contra indicado para os que apenas pretendem passar pela vida matando o tempo, defendendo-se das emoções.

Rifa-se um coração tão inocente que se mostra sem armadura se deixa louco o seu usuário.

Um coração que quando parar de bater ouvirá o seu usuário dizer para São Pedro na hora da prestação de contas:"O Senhor pode conferir. Eu fiz tudo certo, só errei quando coloquei sentimento.



Só fiz bobagens e me dei mal quando ouvi este louco coração de criança que insiste em não endurecer e, se recusa a envelhecer"

Rifa-se um coração, ou mesmo troca-se por outro que tenha um pouco mais de juízo.

Um órgão mais fiel ao seu usuário.

Um amigo do peito que não maltrate tanto o ser que o abriga.

Um coração que não seja tão inconseqüente.


Rifa-se um coração cego, surdo e mudo, mas que incomoda um bocado.

Um verdadeiro caçador de aventuras que ainda não foi adotado, provavelmente, por se recusara cultivar ares selvagens ou racionais, por não querer perder o estilo.

Oferece-se um coração vadio, sem raça, sem pedigree.

Um simples coração humano.



Um impulsivo membro de comportamento até meio ultrapassado.

Um modelo cheio de defeitos que, mesmo estando fora do mercado, faz questão de não se modernizar, mas vez por outra,constrange o corpo que o domina.

Um velho coração que convence seu usuário a publicar seus segredos e a ter a petulância de se aventurar como poeta


Clarice Lispector


Feliz aquele que possuir um coração assim ! Quem não o tem, pode comprar o bilhete da rifa... Boa Sorte !

domingo, 22 de junho de 2008

Que posso fazer?


Que posso fazer para ajudar os pássaros?

Seria bom fazer elogios à sua plumagem ?

Acho que não . Com isto não lhes aumentaria a beleza . Talvez só a vaidade.

Seria bom admirar-lhes a elegância do vôo ? Ficariam eles mais felizes ?

E que tal ficar , de madrugada, na mata, estático e atento para o mundo sonoro dos pássaros ?! Isto lhes daria maior música ao cantar ?

Tenho vontade de abrir todas as gaiolas...

Mas...E os que já desaprenderam a liberdade ?!

Acho que vou fazer um sermão a todos os meninos maus e dizer-lhes que não matem os pássaros que lhes respeitem os ninhos...

Tenho-me lembrado de que poderia ser bom ajudar a construir seus ninhos, ou a encontrar comidinha, ou protegê-los contra a violência dos temporais...

Mas me dou conta de Deus em cada pássaro, em cada gorjeio, em todos os ninhos...

E se é assim...

Que posso eu fazer para ajudar os passáros?!


Hermógenes



Cedi um pequeno espaço no meu jardim, mudei a rotina na hora de molhar as plantas.
Faz poucos dias recebi a visita de um casal de passarinhos que elegeu o meu jardim como o local mais seguro para ampliar sua família...
Acompanho de longe a rotina do casal entrando e saindo do ninho. Ouço ruídos , os filhotes já nasceram . Avisei a toda família dos novos inquilinos e recomendei que observassem a política da boa vizinhaça... Nada de incomodar os novos vizinhos... Não resisti ao ver o ninho, aproveitei um momento em que o casal estava fora e tirei uma foto . Ao ver a foto achei tão linda que senti necessidade de partilhar um fato tão inédito para mim, pois , amo a natureza e tudo o que nela ocorre. Nada melhor para enaltecer o meu relato do que este texto de Hermógenes que coincidentemente nas minhas pesquisas encontrei. Outra forma de ajudar os pássaros é colocar um bebedouro para pássaros. Experimente também colocar alguns pedaçinhos de frutas em um local visível; eles gostam muito de mamão. As vezes quando colocamos uma vazilha com água eles tomam até banho.

quarta-feira, 18 de junho de 2008

Tocando em Frente- Almir Sater

Excursão




ESTOU vendo aquele caminho
cheiroso da madrugada:
pelos muros, escorriam
flores moles da orvalhada;
na cor do céu, muito fina,
via-se a noite acabada.



Estou sentindo aqueles passos
rente dos meus e do muro.
As palavras que escutava
eram pássaros no escuro...
Passáros de voz tão clara,
voz de desenho tão puro!



Estou pensando na folhagem
que a chuva deixou polida:
nas pedras, ainda marcadas
de uma sombra humedecida.
Estou pensando o que pensava
nesse tempo a minha vida.



Estou diante daquela porta
que não sei mais se ainda existe...
Estou longe e fóra das horas,
sem saber em que consiste
nem o que vai nem o que volta...
sem estar alegre nem triste,



sem desejar mais palavras
nem mais sonhos, nem mais vultos,
olhando dentro das almas,
os longos rumos ocultos,
os largos itinerários
de fantasmas insepultos...



— itinerários antigos,
que nem Deus nunca mais leva.
Silêncio grande e sòzinho,
todo amassado com treva,
onde os nossos giram
quando o ar da morte se eleva.


Cecília Meireles


Quando leio a primeira estrofe, faço uma mentalização e consigo visualizar as flores,orvalho e até o cheiro da manhã.

Experimente e muito relaxante!...

segunda-feira, 16 de junho de 2008

Aprendi


Aprendi que eu não posso exigir o amor de ninguém, posso apenas dar boas razões para que gostem de mim e ter paciência, para que a vida faça o resto. Aprendi que não importa o quanto certas coisas sejam importantes para mim, tem gente que não dá a mínima e eu jamais conseguirei convencê-las. Aprendi que posso passar anos construindo uma verdade e destruí-la em apenas alguns segundos. Que posso usar meu charme por apenas 15 minutos, depois disso, preciso saber do que estou falando. Eu aprendi... Que posso fazer algo em um minuto e ter que responder por isso o resto da vida. Que por mais que se corte um pão em fatias, esse pão continua tendo duas faces, e o mesmo vale para tudo o que cortamos em nosso caminho. Aprendi... Que vai demorar muito para me transformar na pessoa que quero ser, e devo ter paciência. Mas, aprendi também, que posso ir além dos limites que eu próprio coloquei. Aprendi que preciso escolher entre controlar meus pensamentos ou ser controlado por eles. Que os heróis são pessoas que fazem o que acham que devem fazer naquele momento, independentemente do medo que sentem. Aprendi que perdoar exige muita prática. Que há muita gente que gosta de mim, mas não consegue expressar isso. Aprendi... Que nos momentos mais difíceis a ajuda veio justamente daquela pessoa que eu achava que iria tentar piorar as coisas. Aprendi que posso ficar furioso, tenho direito de me irritar, mas não tenho o direito de ser cruel. Que jamais posso dizer a uma criança que seus sonhos são impossíveis, pois seria uma tragédia para o mundo se eu conseguisse convencê-la disso. Eu aprendi que meu melhor amigo vai me machucar de vez em quando, que eu tenho que me acostumar com isso. Que não é o bastante ser perdoado pelos outros, eu preciso me perdoar primeiro. Aprendi que, não importa o quanto meu coração esteja sofrendo, o mundo não vai parar por causa disso. Eu aprendi... Que as circunstâncias de minha infância são responsáveis pelo que eu sou, mas não pelas escolhas que eu faço quando adulto. Aprendi que numa briga eu preciso escolher de que lado estou, mesmo quando não quero me envolver. Que, quando duas pessoas discutem, não significa que elas se odeiem; e quando duas pessoas não discutem não significa que elas se amem. Aprendi que por mais que eu queira proteger os meus filhos, eles vão se machucar e eu também. Isso faz parte da vida. Aprendi que a minha existência pode mudar para sempre, em poucas horas, por causa de gente que eu nunca vi antes. Aprendi também que diplomas na parede não me fazem mais respeitável ou mais sábio. Aprendi que as palavras de amor perdem o sentido, quando usadas sem critério. E que amigos não são apenas para guardar no fundo do peito, mas para mostrar que são amigos. Aprendi que certas pessoas vão embora da nossa vida de qualquer maneira, mesmo que desejemos retê-las para sempre. Aprendi, afinal, que é difícil traçar uma linha entre ser gentil, não ferir as pessoas, e saber lutar pelas coisas em que acredito.



Charles Chaplin

domingo, 15 de junho de 2008

Tocando em Frente- Almir Sater

Composição: Almir Sater e Renato Teixeira




Ando devagar porque já tive pressa
Levo esse sorriso porque já chorei demais
Hoje me sinto mais forte, mais feliz quem sabe
Só levo a certeza de que muito pouco eu sei
Eu nada sei
Conhecer as manhas e as manhãs,
O sabor das massas e das maçãs,
É preciso amor pra poder pulsar,
É preciso paz pra poder sorrir,
É preciso a chuva para florir
Penso que cumprir a vida seja simplesmente
Compreender a marcha e ir tocando em frente
Como um velho boiadeiro levando a boiada
Eu vou tocando os dias pela longa estrada eu vou
Estrada eu sou
Conhecer as manhas e as manhãs,
O sabor das massas e das maçãs,
É preciso amor pra poder pulsar,
É preciso paz pra poder sorrir,
É preciso a chuva para florir
Todo mundo ama um dia todo mundo chora,
Um dia a gente chega, e no outro vai embora
Cada um de nós compõe a sua história
Cada ser em si carrega o dom de ser capaz
E ser feliz
Conhecer as manhas e as manhãs
O sabor das massas e das maçãs
É preciso amor pra poder pulsar,
É preciso paz pra poder sorrir
É preciso a chuva para florir
Ando devagar porque já tive pressa
Levo esse sorriso porque já chorei demais
Cada um de nós compõe a sua história,
Cada ser em si carrega o dom de ser capaz
E ser feliz

Amei esta música desde a primeira vez que ouvi. A melodia é linda e a letra é muito profunda.Quantas recordações ...

segunda-feira, 9 de junho de 2008

Contemplar




Desde que saibas gozá-la, a paisagem é tua. Não importa se o cartório diga diferente. Tu , que tens o poder de descobrir magia e beleza, fica sabendo; és dono de todas as serras, dos caminhos ensolarados, dos remansos dos rios, de todas as praias, do horizonte, do colorido de todos os crepúsculos, do frescor das madrugadas outonais, de todos os rosais, de pedregulhos, arvoredos, dos tabuleiros agrestes, das cascatas, do refrigério dos oásis, de todas as paisagens que teus olhos, ávidos de poesia, vierem a captar.

Se tens tempo e poesia para sentir beleza, são teus todos os lugares que te convidem a ficar e contemplar.


Hermógenes


Vale ressaltar que a nossa mente é dona de tesouros incalculáveis. Nossas lembranças representam algo imensurável . Quem não as tem gravados no escondidinho de suas memórias?( falo de belas imagens da natureza )

Eu adoro contemplar a natureza com toda a sua beleza, e tenho salvo na minha valiosa memória muitas imagens que nenhuma máquina fotógrafica é capaz de captar , porque junto com cada uma delas estão também a minha emoção.








domingo, 8 de junho de 2008

Vida


Já perdoei erros quase imperdoáveis, tentei substituir pessoas insubstituíveis e esquecer pessoas inesquecíveis.
Já fiz coisas por impulso, já me decepcionei com pessoas quando nunca pensei me decepcionar, mas também decepcionei alguém.
Já abracei pra proteger, já dei risada quando não podia, fiz amigos eternos, amei e fui amado, mas também já fui rejeitado, fui amado e não amei.
Já gritei e pulei de tanta felicidade, já vivi de amor e fiz juras eternas,"quebrei a cara muitas vezes"!
Já chorei ouvindo música e vendo fotos, já liguei só para escutar uma voz, me apaixonei por um sorriso, já pensei que fosse morrer de tanta saudade tive medo de perder alguém especial (e acabei perdendo).
Mas vivi, e ainda vivo! Não passo pela vida… E você também não deveria passar!
Viva! Bom mesmo é ir à luta com determinação, abraçar a vida com paixão, perder com classe vencer com ousadia, porque o mundo pertence a quem se atreve e a vida é "muito" pra ser insignificante.


CHARLES CHAPLIN

sexta-feira, 6 de junho de 2008

O Segredo


" O segredo é não correr atrás das borboletas... É cuidar do jardim para que elas venham até você"








O Poder de nossas escolhas









Coisas ruins não são o pior que pode nos acontecer. O que de pior pode nos acontecer é NADA.
Uma vida fácil nada nos ensina. No fim, é o que aprendemos o que importa: o que aprendemos e como nos desenvolvemos.
Traçamos nossas vidas pelo poder de nossas escolhas. Quando nossas escolhas são feitas passivamente, quando não somos nós mesmos que traçamos nossas vidas, nos sentimos frustrados.
Uma pequena mudança hoje pode acarretar-nos um amanhã profundamente diferente. São grandes as recompensas para aqueles que têm a coragem de mudar, mas essas recompensas acham-se ocultas pelo tempo.
Geramos nossos próprios meios. Obtemos exatamente aquilo pelo que lutamos. Somos responsáveis pela vida que nós próprios criamos. Quem terá a culpa, a quem cabe o louvor, senão a nós mesmos? Quem pode mudar nossas vidas, a qualquer tempo, senão nós mesmos?


Richard Bach










































quinta-feira, 5 de junho de 2008

Presença





É preciso que a saudade desenhe tuas linhas perfeitas,teu perfil exato e que, apenas, levemente, o vento das horas ponha um frêmito em teus cabelos...É preciso que a tua ausência trescale sutilmente, no ar, a trevo machucado,as folhas de alecrim desde há muito guardadas não se sabe por quem nalgum móvel antigo...Mas é preciso, também, que seja como abrir uma janela e respirar-te, azul e luminosa, no ar.É preciso a saudade para eu sentir como sinto - em mim - a presença misteriosa da vida...Mas quando surges és tão outra e múltipla e imprevista que nunca te pareces com o teu retrato...E eu tenho de fechar meus olhos para ver-te.


Mário Quintana

segunda-feira, 2 de junho de 2008

Motivo

Eu canto porque o instante existe
e a minha vida está completa.
Não sou alegre nem sou triste:
sou poeta

Irmão das coisas fugidias,
não sinto gozo nem tormento.
Atravesso noites e dias
no vento.

Se desmorono ou se edifico,
se permaneço ou me desfaço,
- não sei, não sei. Não sei se fico
ou passo.

Sei que canto. E a canção é tudo.
Tem sangue eterno e asa ritimada.
E um dia sei que estarei mudo:
- mais nada.

Cecília Meireles

quinta-feira, 29 de maio de 2008

Horizonte

"A esperança é o Horizonte.
O desespero é o muro.
E a vida é o horizonte além do muro.

Eu vivo de horizontes.
Não chego, mas caminho.
Não encontro, mas busco.
Ainda não sou: vou sendo."

Daniel Lima



Quanto vejo longe um horizonte bonito, cheio de paz e distâncias, tenho ímpetos de correr para lá. Sinto o desejo de tocar o céu com a mão.
Como sei que, quando lá chegar, um novo horizonte, adiante, fascinante, vai-me atrair, e, assim, jamais pararia de perseguir fugidios horizontes aliciantes, decido ficar onde estou e contentar-me. Aí dou-me conta de que onde estou está um horizonte com o céu ao meu alcance.
Para chegar ao céu não é preciso andar doidamente insatisfeito, perseguindo horizontes a fugir.
Contente onde estou e com o que sou, consigo ver que sou horizonte e então a paz me consome.

Hermógenes

quarta-feira, 28 de maio de 2008

Quero



Quero sempre poder ter um sorriso estampado em meu rosto.
Mesmo quando a situação não for muito alegre... E que esse meu sorriso consiga transmitir paz para os que estiverem ao meu redor.
Quero poder fechar meus olhos e imaginar alguém... E poder ter a absoluta certeza de que esse alguém também pensa em mim quando fecha os olhos, que faço falta quando não estou por perto. Queria ter a certeza de que apesar de minhas renúncias e loucuras, alguém me valoriza pelo que sou, não pelo que tenho...Que me veja como um ser humano completo, que abusa demais dos bons sentimentos que a vida proporciona, que dê valor ao que realmente importa, que é meu sentimento... e não brinque com ele.
E que esse alguém me peça para que eu nunca mude, para que eu nunca cresça, para que eu seja sempre eu mesmo.Não quero brigar com o mundo, mas se um dia isso acontecer, quero ter forças suficientes para mostrar a ele que o amor existe...Que ele é superior ao ódio e ao rancor.

Mario Quintana

sábado, 24 de maio de 2008

Instantes

Jorge Luiz Borges X Rubem Alves


Se eu pudesse viver novamente minha vida, na próxima trataria de cometer mais erros. Não tentaria ser tão perfeito, relaxaria mais. Não mais tolo ainda do que tenho sido. Na verdade bem poucas coisas levaria a sério….Seria menos higiênico….. Correria mais riscos, viajaria mais, contemplaria mais entardeceres, subiria mais montanhas, nadaria mais rios….Iria a mais lugares onde nunca fui, tomaria mais sorvete e comeria menos lentilha. Teria mais problemas reais e menos problemas imaginários.Eu fui uma dessas pessoas que viveu sensata e produtivamente cada minuto da vida; claro que tive momentos de alegria… Mas se eu pudesse voltar a viver trataria de ter somente bons momentos. Porque se não sabem, disso é feita a vida, só de momentos, não percas o agora….Eu era um desses que nunca ia a parte alguma sem um termômetro, uma bolsa de água quente, um guarda-chuva e um pára-quedas; se eu voltasse a viver, começaria a andar descalço no começo da primavera e continuaria assim até o fim do outono. Daria mais voltas na minha rua, contemplaria mais amanheceres e brincaria com mais crianças…… se tivesse outra vez uma vida pela frente.Mas vejam, já tenho 85 anos, estou cego e sei que vou morrer…

Rubem Alves
Quando o li pela primeira vez, fiquei comovido. Era uma mistura de sabedoria e tristeza. Seu título era Instantes e começava assim: “Se eu pudesse viver novamente a minha vida, na próxima trataria de cometer mais erros… Correria mais riscos, viajaria mais, contemplaria mais entardeceres..” E ia assim, parágrafo após parágrafo, listando coisas que haviam sido feitas e que não deveriam ter sido feitas, e coisas que não haviam sido feitas e que deveriam ter sido feitas. Até o final melancólico: “Mas, já viram, tenho oitenta e cinco anos, e sei que estou morrendo…” O texto era uma advertência aos mais moços: só temos o momento. Não percam o agora.
Estou a ponto de “desfazer” 70 anos, muito embora os distraídos insistam em usar o verbo “fazer”. O fato é que a celebração de mais um ano de vida é a celebração de um desfazer, um tempo que deixou de ser, não mais existe. Fósforo que foi riscado. Nunca mais acenderá. Daí a profunda sabedoria do ritual de soprar as velas em festas de aniversário. Se uma vela acesa é símbolo de vida, uma vez apagada ela se torna símbolo de morte. O que não entendo é a razão pela qual os participantes, diante das velas apagadas, se ponham a bater palmas e a rir, quando o certo seria que chorassem. Eu prefiro um ritual mais alegre: acender uma vela bem grande, como um bruxedo de invocação dos anos ainda não nascidos cujo número não sei!
Os números redondos, creio que por razões estéticas, são mais poderosos que os números quebrados. Ninguém acharia nada de extraordinário com o número 7.073.565 da sua carteira de identidade. Mas se o número for 5.000.000 isso será razão para as mais fantásticas conjecturas. Assim, ao ensejo do número redondo “70″, pensei em fazer um documento parecido com o Instantes, confessando erros e dando conselhos aos mais jovens. Mas desisti. E isso porque “se eu pudesse viver de novo a minha vida”, eu quereria vivê-la do jeito mesmo como a vivi, com seus desenganos, fracassos e equívocos.
Doidice? Imaginem que eu estivesse infeliz. Eu teria então todas as razões para voltar atrás e tentar consertar os lugares onde errei. Mas eu não estou infeliz. Vivo um crepúsculo bonito, com a suíte n. 1 de Bach, para violoncelo. Se houve sofrimentos no caminho, imagino que, se não os tivesse tido, talvez a suíte n. 1 de Bach não estivesse sendo ouvida. Estou onde estou pelos caminhos e descaminhos que percorri.
Faz muitos anos, nos tempos em que eu era ainda professor da Unicamp, um aluno que eu não conhecia telefonou-me dizendo que precisava falar comigo. Marcamos um encontro na minha casa. Ele chegou, abriu um caderno, e começou a fazer-me perguntas. A primeira pergunta - que abortou todas as outras - foi a seguinte: “Como é que o senhor planejou a sua vida para que chegasse aonde chegou?” Percebi logo. Ele me admirava. Queria ser como eu. Queria que eu lhe contasse o segredo. Que lhe revelasse o caminho. Mas minha resposta pôs a perder as suas expectativas. Foi isso que eu lhe disse: “Eu estou onde estou porque todos os meus planos deram errado.” Isso é absolutamente verdadeiro.
As pontes que eu construía para chegar aonde eu queria ruíam uma após a outra. Eu era então obrigado a procurar caminhos não pensados. E aconteceu por vezes que nem mesmo segui, por vontade própria, os caminhos alternativos à minha frente. Escorreguei. A vida me empurrou. Fui literalmente obrigado a fazer o que não queria.
Por exemplo: meu pai, homem muito rico, foi à falência. Ficou pobre. Teve de mudar de cidade para começar vida nova. Se isso não tivesse acontecido, é provável que hoje eu fosse um rico fazendeiro guiando uma F 1000 e contabilizando cabeças de gado. Quando me mudei para o Rio de Janeiro, aos doze anos de idade, menino do interior de Minas com um sotaque caipira, fui objeto de zombarias e chacotas. Nunca me senti tão sozinho. Nunca fui convidado a ir à casa de um colega e nunca tive coragem para convidar um colega para ir à minha casa. Sofri a dor da solidão e da rejeição.
Mas foi esse espaço de solidão na minha alma que me fez pensar coisas que doutra forma eu não teria pensado. Lutei muito para ser pianista. Trabalhei duro, horas e horas por dia. Se tivesse dado certo, eu seria hoje um pianista medíocre. Pianista bom não precisa fazer força. É dom de Deus, como é o caso do Nelson Freire. A diferença entre nós é que, enquanto eu tentava colocar dentro de mim um piano que estava fora, o problema do Nelson era colocar para fora um piano que morava dentro dele desde o nascimento. Para mim, o piano nunca passaria de uma prótese. Mas, para o Nelson, o piano é uma expansão do seu corpo. Foi preciso que eu fracassasse como pianista para que o escritor que morava dentro de mim aparecesse.
Assim, comecei a fazer música com palavras, acho que com a mesma facilidade com que o Nelson toca piano. Fui pastor protestante e é provável que, se tudo tivesse acontecido nos conformes, eu hoje fosse um clérigo velho. Mas veio o golpe militar, fui acusado de subversivo pelas zelosas e bondosas autoridades da Igreja… Tive de me mudar para os Estados Unidos com a minha família - o que foi ótimo para todos nós. Fiz meu doutoramento, fiz amigos novos, viajei, conheci lugares, acampei, tive tempo para ler e pensar.
Cheguei onde estou por caminhos que não planejei. É um lugar feliz com o qual nunca sonhei. Nunca me passou pela idéia que eu viria a ser escritor. E, em especial, que escreveria estórias para crianças - e que as crianças as amariam (e me amariam por causa delas…). Tanto assim que não me preparei para o ofício. Sou ruim em gramática, erro a acentuação. E há mesmo uma pessoa que se dedicava a escrever-me longas cartas para corrigir meu português. Parou de escrever. Acho que desistiu. Como é bem sabido, eu, um mau aluno, especialmente quando o professor quer ensinar-me coisas que não quero aprender. Pena que o dito professor, voluntário, nunca tivesse feito comentário algum sobre o que eu escrevia. Concordo mesmo é com o Patativa do Assaré: “É melhor escrever errado a coisa certa do que escrever certo a coisa errada…”
Plantei árvores, tive filhos, escrevi livros, tenho muitos amigos e, sobretudo, gosto de brincar.. Que mais posso desejar? Se eu pudesse viver novamente a minha vida, eu a viveria como a vivi porque estou feliz onde estou.
Achei este material maravilhoso e reflexivo! O que posso dizer sobre tudo isso! ...
Eu estou feliz apesar de...São tantas coisas que poderiam ser diferentes,mas fazer o que???
Muitas e muitas coisas já fiz,como plantar até mais de uma árvore,ter filhos e também ser avó.O livro ainda não escrevi,mas,tenho o rascunho.
A minha lista de coisas inacabadas e outras por fazer é imensa.
Eis aí a necessidade de fazer bom uso do tempo.

sexta-feira, 23 de maio de 2008

A vida



A vida é o dever que nós trouxemos para fazer em casa. Quando se vê, já são seis horas! Quando se vê, já é sexta-feira! Quando se vê, já é natal... Quando se vê, já terminou o ano... Quando se vê perdemos o amor da nossa vida. Quando se vê passaram 50 anos! Agora é tarde demais para ser reprovado... Se me fosse dado um dia, outra oportunidade, eu nem olhava o relógio. Seguiria sempre em frente e iria jogando pelo caminho a casca dourada e inútil das horas... Seguraria o amor que está a minha frente e diria que eu o amo... E tem mais: não deixe de fazer algo de que gosta devido à falta de tempo. Não deixe de ter pessoas ao seu lado por puro medo de ser feliz. A única falta que terá será a desse tempo que, infelizmente, nunca mais voltará.

Mário Quintana


Preciso de tempo

Preciso de tempo,
Para dar tempo,
em tempo,
de não perder tempo.

Tempo para amar,
e continuar a sonhar.
Tempo para descobrir,
o motivo pra sorrir.

Tempo para crescer,
sem sentir envelhecer.
Tempo de ser mãe amiga,
e filha querida.

Tempo sim!
para mim...
de viver!
desde o amanhecer ,
até o anoitecer.

quarta-feira, 21 de maio de 2008

Estrada




Não há estradas da vida,
são meus passos nascidos de meus pés,
que estradas criam.
A estrada está em mim,que avanço
sempre por caminhos
que só então existem.



Daniel Lima


A cada novo minuto você tem a liberdade e a responsabilidade de escolher para onde quer seguir.
Nós temos tudo nas mãos, se deixamos escapar é porque temos medo!
Do que temos medo? O que temos nas mãos?
Muitas portas deixamos de abrir por medo de arriscar... Temos medo do desconhecido e não temos coragem de seguir por um novo caminho? As vezes escolhemos o caminho errado, nos enganamos, mas temos a chance de mudar de caminho. Mas será que insistir no óbvio significa acertar sempre? Muitas vezes,o que os nossos olhos vêem é muito menos do que o que realmente existe!

segunda-feira, 19 de maio de 2008

Agradecer


A você ,chuva cantante a encharcar a terra,matando a sêde das plantas,meus agradecimentos.

Seja feliz,fogo alegre a espantar o frio da noite.

Seja feliz ,foco de lâmpada a iluminar o papel,ajudando-me a escrever.Você -filho da técnica e reencarnação científica da luz cósmica-receba meus agradecimentos.

Que sejam felizes compositores,poetas,sábios,lixeiros,amigos,pseudo-amigos,pseudo-inimigos...

Que tenham felicidade todos vocês:meus braços,meus olhos,minhas veias e artérias...

Também todos vocês:mães ,esposas irmãos,plantas,planetas,cascatas,desertos,templos,borboletas,ruínas,ondas,fundo do mar,algas,nuvens,algo ignoto...

Abençoados sejam sorrisos,tristezas,lágrimas,febres,delírios,entusiasmos,esperanças,desilusões...

Sejam felizes todas as claridades que me ajudaram no caminho,todas as penumbras que me esconderam...

Que haja felicidade para Vós,Invisível,Indizível,Imóvel,Imutável,Infinito,Ser -Consciência-Bem-aventurança...

Hermógenes

sexta-feira, 16 de maio de 2008

Exigir demais




" Sonhar com a pessoa que você gostaria de ser é desperdiçar a pessoa que você é."



Tinhamos tantos sonhos sobre a pessoa que gostaríamos de ser que nunca tivemos tempo de ser a mulher que éramos realmente.É estimulante olhar para nosso amadurecimento e perceber a íntima ligação que existe entre não tentar ser alguém e começar a ser nós mesmas.Costumávamos exigir tanto de nós! No passado tentamos nos encaixar num modelo que nada tinha a ver conosco,por receio de que nossa verdadeira essência nunca fosse o bastante.



Anne Wilson

quarta-feira, 14 de maio de 2008

Sintonia entre a razão e a emoção





Rir das próprias adversidades pode ser mais do que uma maneira leve de encarar os problemas.Otimismo, atitude positiva e encarar adversidades e contratempos como passageiros e mais ainda como aprendizado.Para ajudar na solução de problemas tanto pessoais como profissionais,reserve alguns minutos para ficar só e pensar serenamente na causa da aflição,ajuda a ver a situação com mais clareza,sem pensar na pior das persperctivas.
Arrume uma forma de ordenar os pensamentos e arranjar os problemas de acordo com sua real importância sem transformar numa tarefa complicada imaginando que não tem uma saída.Considere cada situação por vários ângulos.
Quando estiver em dúvida, pergunte ao seu coração.Em silêncio de olhos fechados,consulte o que realmente deseja fazer.Geralmente a nossa mente está pertubada demais para agir com clareza.A intuição vem do subconsciente e do lugar mais profundo de nossa alma,e só quando nos permitimos é que conseguimos escutá-la.

terça-feira, 13 de maio de 2008

Esperanças e sonhos











Enquanto considerar-mos que canoas são a única possibilidade-tudo que é ou pode ser real-,nunca veremos o navio,nunca sentiremos o vento no nosso rosto.
Sonia Johnson



"Temos ânsia de poder,dinheiro,estabilidade e de relacionamentos,mas nos esquecemos de como sonhar.

Os sonhos não se limitam ao que é irreal.Sonhar é esticar a realidade para além dos limites do presente.Os sonhos não se restringem ao que é meramente possível.Sonhar não é muito bom para nossa ilusão de controle,mas é infinitamente bom para nossa alma.

Quando nos privamos do sonho e da esperança,nos limitamos a olhar apenas para o chão e a calcular cada passo,ignorando as figuras que as nuvens desenham no céu e os arco-íris duplos."


Ter esperança e sonhos não é ignorar o lado prático da vida.É vestir esse lado com as cores do arco-iris.

segunda-feira, 12 de maio de 2008

Mãe


Como falar de mãe sem antes dizer algo sobre a minha mãe...Possuidora de muitas virtudes e qualidades.Mãe muito jovem mas...apesar da pouca idade demonstrou desde o início uma maturidade muito grande.Era uma verdadeira leoa com referência a minha proteção.Com seu grande amor,dedicação e sabedoria ela presentou-me com valores morais incalculáveis.De sua herança genética tenho na minha personalidade a coragem, força, alegria, e a facilidade de comunicar-me e fazer amigos e outras tantas qualidades e defeitos.Nossa relação foi sempre de muita sintonia e harmonia. Minha sincera gratidão e saudade...minha mãe, eterna amiga.Digo sempre para meus filhos que o meu desejo é que eu represente para eles o que a minha tão amada mãe foi para mim.Eu ia escrever sobre o que é ser mãe, mas acredito que nada melhor para falar sobre isso do que postar o que recebi de uma das minhas filhas.





Lembranças para Toda Vida

Desde o dia em que nasci,
Até o último dia que se passou.
Mãe querida sempre presente,
E que tanto me ensinou.
Em seus braços me acolheu,
E com sua voz me acalmou.
Sou tua filha com orgulho,
Pois a ti, muito admiro.
Que minha filha seja comigo,
Como eu sempre fui contigo.
Amigas acima de tudo,
De todas as desavenças.
Parecemos-nos em tantas coisas,
Mas em tudo há diferenças.
Pois assim é o ser humano,
Um ao outro se completam.
Espero que se lembre dos dias.
Em que fomos tão parceiras.
Lembro hoje com saudade,
De minha vó amada.
Minha outra mãe querida,
Mulher guerreira, vida batalhada.
Relação tão bonita,
A de minhas “duas mamães”...
Espero que eu represente para ti,
Ao menos um pouco dessa relação.
Pois você, minha mãezinha...
Vai estar sempre no meu coração.


Ser Mãe é tudo isto!...


Que ao dar a benção da vida,
entregou a sua...
Que ao lutar por seus filhos,
esqueceu-se de si mesma...
Que ao desejar o sucesso deles, abandonou seus anseios...
Que ao vibrar com suas vitórias, esqueceu seu próprio mérito...
Que ao receber injustiças,respondeu com seu amor...
E que, ao relembrar o passado,
tem um pedido:
DEUS, PROTEJA MEUS FILHOS, POR TODA VIDA!

sexta-feira, 9 de maio de 2008

Doar-se


" Sendo mulheres,somos quase sempre tão generosas,principalmente com relação a nós mesmas,que vamos distribuindo pedacinhos para qualquer um que peça.Na hora,mal percebemos.As vezes os pedaços que repartimos são tão pequenos que parecem insignificantes.Um favorzinho aqui,fingir que não percebemos algo errado ali,engolir a raiva quando sofremos alguma injustiça acolá...Conseguimos lidar com isso tudo separadamente,mas não percebemos o efeito cumulativo de anos e anos entregando pedacinhos de nós mesmas.


Então abrimos os olhos e gritamos."Alguem quase foi embora levando tudo que eu tinha!..."Somos nós que permitimos que as pessoas ao redor quase nos devorem.


Doar-me ou ser avarenta não são minhas únicas opções.Posso compartilhar minha individualidade com os outros,mas para isso preciso ter uma individualidade para compartilhar."

quarta-feira, 7 de maio de 2008

Precisa-se



De pessoas que tenha os pés na terra e a cabeça nas estrelas.
Capazes de sonhar,sem medo de seus sonhos.
Tão idealistas que transforme seus sonhos em metas.
Pessoas tão práticas que sejam capazes de tornar suas metas realidades.
Pessoas determinadas que nunca abram mão de construir seus destinos e arquitetar suas vidas.
Que não temam mudanças e saibam tirar proveito delas.
Que tornem seu trabalho objeto de prazer e uma porção substancial de realização pessoal.
Que percebem,na visão e na missão de suas empresas,um forte impulso para sua própria motivação.
Pessoas com dignidade,que se conduzam com coerência em seus discursos,seus atos,suas crenças e seus valores.
Precisa-se de pessoas que questionem,não pela simples contestação,mas pela necessidade íntima de só aplicar as melhores idéias.
Pessoas que mostrem sua face serena de parceiros legais.
Sem se mostrar superiores nem inferiores.
Mas... iguais .
Precisa-se de pessoas ávidas por aprender e que se orgulhem de absorver o novo.
Pessoas com coragem para abrir caminhos.
Enfrentar desafios,criar soluções,correr riscos calculados.
Sem medo de errar.
Precisa-se de pessoas que contruam suas equipes e se integrem nelas.
Que não tomem para si o poder,mas saibam compartilhá-lo.
Pessoas que não se empolguem com seu próprio brilho.
Mas com o brilho do resultado alcançado em conjunto.
Precisa-se de pessoas que enxerguem as árvores,mas que também prestem atenção a magia da floresta.
Que tenham a percepção do todo e da parte.
Seres humanos justos,que inspirem confiança e demonstre confiança nos parceiros.
Estimulando-os,energizando-os,sem receio que lhes façam sombra e sim se orgulhando deles...
Precisa-se de pessoas que criem em torno de si um ambiente de entusiasmo,de liberdade,de responsabilidade,de determinação,de respeito e de amizade.
Precisa-se de seres racionais.
Tão racionais que compreendam que sua relização pessoal está atrelada à vazão de suas emoções.
É na emoção que encontramos a razão de viver.
Precisa-se de gente que saiba administrar COISAS e liderar PESSOAS.
Precisa-se urgentemente de um novo SER.


( Isac Liberman )

Este" SER" ´sou EU é VOCÊ somos NÓS